Book:    Papillon
Viewed: 94 - Published at: 8 years ago

...pergunto a mim próprio até que ponto o silêncio absoluto e o completo isolamento infligidos a um jovem encerrado numa cela podem, antes de o levarem à loucura, dar azo a uma verdadeira vida imaginativa. Vida de tal modo intensa , de tal modo viva, que o indivíduo se desdobra literalmente. Levanta voo e vai vagabundear por onde lhe apetece. {...}, os castelos no ar que o seu fecundo espírito inventa, que ele cria com uma imaginação tão incrivelmente fértil que, {...}, chega a pensar que está a viver tudo quanto vai sonhando.

( Henri Charrière )
[ Papillon ]
www.QuoteSweet.com

TAGS :